domingo, 26 de setembro de 2010

Rede Globo estreia nova novela "Araguaia"




Nossos seguidores no Twitter devem ter acompanhado nos últimos dias nossa expectativa com o encontro com o pessoal da Rede Globo. Para quem não sabe/não entendeu ainda, uma breve explicação:
"Era uma vez um blog goiano de humor que foi procurado pela Rede Globo de televisão. A TV Globo tinha um convite: acompanharíamos uma reunião de lançamento exclusiva em Goiânia da nova novela das seis da emissora, Araguaia"

Risos + blogueiros goianos com Carlos Alberto (de rosa,ao lado do Gabriel)
e Luciana (também de rosa, à frente do Gabriel), da Globo
E foi isso que aconteceu anteontem. Gabriel, Pedro e Toscano, juntamente com mais dez outros produtores de conteúdo da capital goiana, se reuniram na sede da Organização Jaime Câmara/TV Anhanguera para um bate-papo com Luciana Lacerda (Diretora Transmídia da Rede Globo) e Carlos Alberto Ferreira (Relações com o Consumidor - CGCom) - mais uma surpresa que diremos ao decorrer do texto - para apresentação de números e provas de que a parceria com mídias sociais elevou consideravelmente o acesso do webconteúdo produzido pela emissora. Foi uma vibe meio "We're watching you". Isso soaria meio assustador, se não fosse simplesmente uma honra ser observado e notado em uma admirada (não só por nós publicitários, como também formadores de opinião) máquina de influência massiva não só no Brasil, como no mundo.

Há todo um estudo no que é falado sobre a emissora e seus programas. Números precisos de citações no twitter, de comunidades no orkut e perfis no facebook que disceminam o conteúdo da Globo. Gráficos que esboçam a linha de crescimento após começarem o projeto para captação de "telespectadores pensantes". A minoria que tem acesso à internet, que trabalha ou é atenta a isso tem todo tipo de informação rápida pra difundir, tem seu espaço respeitado e são esses que criticam, percebem e esperam algo realmente de qualidade. A Globo trabalha com pesquisa e convite a grupos, como blogueiros, para exporem suas opiniões em projetos futuros e também buscam por feedback dos telespectadores mais fiéis sobre o que lhes agradam ou não. E é nisso que o Risos. entrou. Fomos contatados porque escrevemos de Goiânia, sobre Goiânia, para Goiânia e o mundo todo.
Pelo que foi mostrado pra gente, Araguaia está incrivelmente lindo. Esqueça a farofada que junta em Aruanã no meio do ano. Araguaia não é só isso. A novela terá o grande rio como plano de fundo, mas debaterá também o velho X novo, o interior pacato que ao mesmo tempo evolui. Devagar, do seu jeito, mas evolui. Foi suportado um laboratório de alguns personagens em cidades como São Félix e Luis Alves (que nem nós, goianos, sabíamos da existência) pra já criar uma relação mais estreita entre eles, e a atmosfera "rurbana" que envolve o lugar. Depois de vários par-ou-impar-americano pra ver quem seriam os azarados a trabalhar nessa produção calorenta, cerca de 100 profissionais foram despachados em território goiano pra estudo e execução de mais um produto complexo da emissora. Foram necessárias 10h a barco para que o diretor, Schechtman, encontrasse a locação ideal para gravação das cenas. Isso é mais que uma prova de que o rio que dá o nome à novela não é bonito assim o tempo todo. Tem muito pernilongo, muito toco no rio, muita praia feia, e nem tem por-do-Sol toda hora também não (momento em que até o Araguaia tem suas belezas).
Chega de blablabla. Essa é a hora que todos vocês esperavam, a surpresa: Nada mais, nada menos, que Edson Celulari deu uma palestra pra gente sobre a idéia da novela e a experiência de ter gravado em solo goiano.

"Edson, o que você mais gostou?"
"Da comida goiana, ótima, maravilhosa, deliciosa"
"O que mais?"
"Bem... gostei também.. erm... AH! Já falei da comida goiana?"




Tirando nossa culinária que, a grosso modo, se resume em derivados do milho (pamonha, curau, fubá, bolos) e do pequi ([insira um alimento aqui] com pequi, picolé, polpa, licor) nada mais é atraente. Nem todo mundo consegue ser tão sincero quanto o Celulari. Isso é bonito! Ok, brincadeiras à parte, ele ficou eras conversando conosco, contando suas belas impressões com a cultura, a história e o povo goiano em si. E olha, se a gente que, apesar de tudo, ainda não consegue mudar essa visão roceira que geral tem de nós, ouçam o Edson. Ele nos adorou. Sem contar que tooodo mundo virou tiete dele. Muito simpático e articulador, conseguiu passar o recado.
Como mais um tema abordado pela Globo, esse é um daqueles que trabalha com um estereótipo pra mudá-lo. Tirar um pouco aquela fixação do litoral e enfatizar também as belezas regionais que poucos conhecem. Assim como o Celulari disse, "Todo mundo sabe que existe praia no RJ, em SP, mas são poucos que sabem que existe praia também em Goiás e em outros Estados."
Se você quer conhecer um pouco mais de nós e o que nós fazemos quando estamos procrastinando em férias no Araguaia, não deixem de assistir. É só imaginar que Gabriel, Guilherme e Pedro são Edson Celulari, Murilo Rosa e Tiago Fragoso, na ordem que vocês, leitoras assanhadas por atores-galãs-globais imaginarem.
Araguaia estreia segunda, dia 27, às 17h55.
Acesse o projeto "Vozes do Araguaia"
www.vozesdoaraguaia.com.br


Equipe Risos. e blogueiros goianos posando com Edson Celulari
para jornal O Popular.


3 Comentários:

Luan Roger disse...

Tái, gostei!
Novelas da Globo em geral mostram gente rica no exterior, mas pelo jeito tá mudando mesmo...
Já tentaram mostrar Goiás com aquela novela da Sandy, mas não deu muito certo, né...
O esteriótipo tá mesmo aí, que venha a Globo e vocês para quebrar um pouco. =)
Eu assisto novelas da Globo, mas não suporto muito os enredos, gosto mesmo é da produção e visual... E ah, seria massa se a Cléo Pires tivesse ficado nessa reunião, hein?! ~~

Zé Abrão disse...

Risosponto ficando cada vez mais fodelão. Parabéns, caras!

Beto disse...

Parabéns pra vocês e pro RisosPonto! Isso mostra a força do blog! ;D

Espero que Araguaia faça o mesmo barulho e impacto que fez Pantanal na sua época, mostrando a realidade dos dois mundos, mostrando algo lúdico e denunciando verdades inconvenientes, mas necessárias.
E claro, que mostre toda a beleza dessa região que é realmente linda por natureza!

Abraço!

Postar um comentário