segunda-feira, 26 de outubro de 2009

"Senhores passageiros, bem-vindos a bordo"

Esse texto aqui vai pros meus amigos que também tem medo de altura. Quem não tem essas frescuras não imagina o pavor que aparece quando chega a hora de entrar na porra do avião. A começar pelo tamanho daquilo. Gente, é contra as lei da gravidade! Como uma coisa daquele tamanho consegue ficar no ar e não cair, não faz sentido, não faz. Mas nao estou aqui pra discutir física, pelo contrário. Nesse exato momento estou em um voo doméstico de Tampa Bay, na Flórida, pra New York, entao vou tentar expressar o que é um voo pra uma pessoa que tem medo de avião. Prontos pra se divertir com a desgraça alheia?

Vamos lá. Como já disse, voce depara com aquele onibus com asas enorme e mega-pesado. Teu estomago fica podre te implorando pra nao embarcar. Saca aquele sétimo sentido de mae? Entao, teu estomago te diz que nao vai ser legal voce entrar naquela coisa e ele vai emburrar caso voce o faça. E voce tem que fazer porque sua cabeça sabe que a probabilidade de acontecer alguma coisa na ida de casa até o aeroporto é bem maior que voando, ou seja, teu medo é psicológico. Vem da sua cabeça podre e se voce focar que voce tá bem que tudo vai dar certo, VAI dar certo. Voce entra no avião e tua perna apodrece e nao responde o que voce manda ela fazer. Voce nao quer demonstrar sua aflição a ninguem, ninguem precisa saber que voce tem pavor e que tá prestes a surtar a qualquer momento. Voce quer parecer normal, certo? É altamente fácil reconhecer os medrosos dentro de um avião. É só observar. Quem entrar com a maior cara de cuzão do mundo, como se, pros homens, o único modo de sobreviver na Terra fosse se botasse um supositório na bunda e ele tivesse a caminho de fazer isso. Voce sabe que voce tem grandes chances de sobreviver, mas tem pavor só de pensar no durante. Acrofóbicos também sempre fecham a janelinha caso esteja sentado no assento ao lado da mesma, e quando não está nem pensa em olhar pro lado. Normalmente usam óculos escuros pra poderem arregalar os olhos em qualquer térmica sem ninguém o julgar desesperado. Em alguns casos mais extremos, há aqueles que sentam, se prendem no cinto e seguram no braço do assento de uma forma tão intensa como se adiantasse algo, mesmo porque, nao sei se voce sabe, meu filho, se o avião cair, voce vai junto, seja com cinto, com braço de cadeira, com o papa, com tudo. Mas nossa cabeça, isso adianta. Nao discuta, adianta.

Depois vem a decolagem. Se existe uma pior parte, pra mim é essa. Morro de medo de altura, mas aqui nos EUA, fui em todas as montanhas russas que via pela frente. Essa hora voce fala: AAAH, ENTAO VOCE NAO TEM MEDO. QUEM TEM MEDO NAO VAI NEM FODENDO. Aí que tá. Cara, estou em Orlando, em parques sensacionais, nao sei quando voltarei novamente. Tenho que aproveitar, mesmo que vomite, desmaie, morra, eu tenho que ir e sentir tudo o que todo mundo fala. A pior parte de ir a uma montanha-russa, pra mim, nem é a descida. É a subida. É aquela parada do carrinho subindo devagarzinho, pra agonizar os medrosos, saca, matando aos poucos? Mesma coisa com avião, quando o avião tá atingindo sua altura pra mim é a morte. Aquela coisa inclinada e voce sentindo toda aquela pressão. E aquilo sobe. Sobe e sobe. Sobe mais um pouco. PRA QUE SUBIR TAO ALTO ASSIM? (Voce pode ter uma explicação mega-plausível pra isso, mas quem tem medo nunca achará fundamentos). Voce fecha o olho e tenta imaginar aquele parque florido, em um dia ensolarado, com borboletas voando, o rio fluindo, o amigo urso vindo dar bom-dia, abstraindo tudo que pode. Abre um olho e já vem a puta da aeromoça falar toda sorridente: "Senhores passageiros, ao nosso lado se encontra o Everest. Próxima parada, Lua. Obrigada e tenha um bom dia :)".
1) Por que as aeromoças estao sempre tão felizes? NINGUEM FICA FELIZ VOANDO NAO. É igual em montanha-russa. Nao tem coisa que me irrita mais que gente feliz gritando "UHUUUUUL" na subida (na SUBIDA! COMO PODE?). Aquilo ali é um momento de concentração. Todo mundo ali deveria estar sério e ajudando os medrosos na terapia do tal parque florido.

Quase tão pior que a decolagem, são as térmicas ou as turbulencias. Nao sei o que é pior, quando tem turbulencia e voce se caga de medo ou se o piloto resolve avisar toda vez que vai ter a tal turbulencia. Juro que nao sei se eu prefiro ou nao ser avisado. Acho que desesperaria se a coisa começasse a tremer e eu nao soubesse o que é, mas tambem quando avisam é meio que "Olá senhores passageiros! Entramos na zona de morte e nós todos iremos encontrar Jesus em 10... 9...8..". Praqueles que nunca voaram de aviao ou nunca felizmente sofreram turbulencia é a mesma sensaçao que o `La torre Eiffel` (ou vulgo Elevador) do Hopi Hari (ou do Beto Carreiro. Ou afins) te proporciona. Aquele frio na barriga, aquela perda de força nas pernas e aquela certeza de que voce vai morrer.

Voces, pobres mortais que nao tem a emoçao de ter medo de nada, nao imaginam o que é sentir que o aviao estaciona. Nao, nao é quando aterrissa não. Vimos "recentemente" do aviao da TAM que saiu da pista e fodeu com a vida de geral quando todo mundo já pensava ter sobrevivido. Imagina a galera daquele avião, cara! Vem o piloto e fala: "Fizemos uma bela aterrissagem na cidade de São Paulo. BRINKS rs.....". A sensação de dar certo é a mesma quando, pros homens, voce vai pra cama com sua namorada, a irmã dela e suas 3 melhores amigas. Pras mulheres, é quando voce tá em algum shopping e ve que o cartão do seu marido passou todas as compras de RS$1784 reais que voce fez em UMA loja.

Aconselho a galera que tem medo a comprar o serviço de WI-FI Board que tem em alguns aviões. Bote teu iPod no ouvido e o mundo nao importará pra voce. Sério, vale a pena! E se nao tiver notebook, iTouch ou Iphone ou até os $7 dolares pra fazer uso disso, escreva um texto pra qualquer blog, como eu. Voce me pergunta: E disso tudo que voce citou, tio Pedro, o que voce nao tem? E eu te respondo: os $7 dolares. Conselho: nao gaste como se nao houvesse o amanha. Ele sempre chega.

PS.: Me perdoem pela falta de acento. O teclado do meu note não é ABNT2. Nem tudo pode ser perfeito na vida.

AAAAAAAH... MAIS UMA TURBULÊNCIA CARALHOOOOOOO.............

15 Comentários:

CarolMoreno disse...

Legal, antes eu estava com medo de ir pra NY ano que vem, agora estou morrendo :)

Carolina disse...

AIUEHUAIHE, nunca andei de avião.
adorei o texto :D

Anônimo disse...

Conselho: nao gaste como se nao houvesse o amanha. Ele sempre chega. '
KKKKKKKKKKKKKK adorei ! *-*

Pedro voltou :D

thaís coelho disse...

adoooooooorei o texto Pedro Vitor, muito bom, deu pra sentir um pouco do seu medo haha
..e bem vindo de volta :D

Gabriel Mota disse...

Ééé... Mais estranho que avião voar é navio flutuar porque, pensa comigo:
Avião é grande e talz, mas é impulsionado por big turbinas e pá.
E um navio? Que só botam ele no mar e ele sai todo faceiro navegando por aí?!
Tá que tem combustível também, assim como avião, mas né? Junto com o bus que fala, não é coisa de Deus!

Naatyka disse...

eu morro de medo de avião mais eu adooorei o texto UHSUIOHASUIHAUS, ri muuito, vocês estão de parabéns pelo blog e pode ter ctza que se fossem continuarem assim vão ficar famosos! mais se ficarem só não esqueçam que eu dei uma força moral aai pra vocês HASUHAHUHAS

Guilherme Toscano disse...

Avião pra mim é uma das melhores coisas que já foram inventada. Nenhuma turbulência, térmica ou desastre aéreo vai mudar o prazer que tenho de fazer em uma hora, o percurso que eu faria em 15 horas de ônibus.

Pedro Lobato disse...

"Quem entrar com a maior cara de cuzão do mundo, como se, pros homens, o único modo de sobreviver na Terra fosse se botasse um supositório na bunda e ele tivesse a caminho de fazer isso. "

Eu ri muito disso, tu não faz idéia! XD

No demais eu acho que a solução é: TRATAMENTO DE CHOQUE! =D

Andressa Símaro disse...

"Olá senhores passageiros! Entramos na zona de morte e nós todos iremos encontrar Jesus em 10... 9...8..".
UAHSUAHSHUAHAUSHAS ri alto!
adooooooooooooorei seu post, de verdade! =) ps: quase não sou suspeita pra falar, né? ahahah

Zé Abrão disse...

é...eu ri da desgraça alheia, paia isso....







mas é divertido pra caralho!xD

Ana Carolina disse...

AAAAAAHAHAHAHAHAHAHA.
pqp, ri muito.

Já passei por uma turbulência, e tava de dia, eu tava voltando da Bahia pra cá pro Rio, foi desesperador, eu me sentia prestes a entrar no sol, não sabia como eu ia sobreviver, quase chorei, mas nem tenho medo de altura, só esse pequeno problema quase me deixou mijada e colada na cadeira. hahahaha

Como disse o Toscano "Nenhuma turbulência, térmica ou desastre aéreo vai mudar o prazer que tenho de fazer em uma hora, o percurso que eu faria em 15 horas de ônibus."

Muito bom o texto Pedro :)
Beijos.

@CarolinaMourao

Débora S. disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

O melhor post do risos.

Karina disse...

Eu ri demais aqui, cara. Fico imaginando a cena, o Pedro digitando, olhando em volta.. enquanto a tiazinha do lado reza mil "Ave Marias" Adoro. Tenho vontade de andar de avião, aparenta ser bem emocionante!

Taci disse...

nunca andei de avião =/ haha

mariana ♪ disse...

"Senhores passageiros, ao nosso lado se encontra o Everest. Próxima parada, Lua. Obrigada e tenha um bom dia :)".

"Olá senhores passageiros! Entramos na zona de morte e nós todos iremos encontrar Jesus em 10... 9...8.."

HSUAHSUAHSUAHSUAHSASU MORRI MUITO. Cara, muito bom, eu tenho um puta medo de altura também, mas eu quero viajar muuuuuuuuuuito quando eu for maior de idade e ganhar na loteria '-' USHAUSHAUSH. Que bom que você sobreviveu né. E cara, NYC é uma das melhores cidades (eu acho, até porque eu nunca tive a sorte de ir, mas um dia eu vou *O*)

Postar um comentário