sábado, 10 de outubro de 2009

Como eu adoro o Dia das Crianças!

O Dia das Crianças é, sem dúvida, a data mais feliz do nosso calendário cristão-capitalista-ocidental. Não há ninguém que fique triste no Dia das Crianças (a não ser que algum familiar seu tenha morrido no Dia das Crianças, mas com certeza não foi nada relacionado ao dia em si, a não ser que seu familiar tenhas sido morto durante um assalto onde um pai de família precisava de dinheiro pra comprar um PolyStation pros seus filhos, aí sim, você pode estar triste no Dia das Crianças), as crianças estão ganhando presentes, os pais estão livres das crianças que estão entretidas com seus novos brinquedos, os lojistas estão felizes porque estão vendendo como nunca, os publicitários estão feliz porque vocês levaram a sério essa data que a gente criou e a gente continua nadando em rios de dinheiro fazendo propagandas com crianças correndo em lojas de brinquedo.
Outro fato interessante do Dia das Criança é que todas as lojas (desde a mercearia do lado da sua casa até aquela sexshop escondida) fazem pequenos eventos para comemorar essa data tão querida, chamando os palhaços mais bizarros, os tiozões da pipoca, um cara que faz escultura de balões (onde todas as formas nos lembram um pinto e sim, eu preciso de tratamento) e distribuem brinquedos ruins e baratos. E dá-lhe jogos de dominó, bambolês, carrinhos, iô-iôs e, pros mais moderninhos, aqueles joguinhos de corrida/futebol/luta/guitarhero onde tudo que você tem que fazer é mexer um bonequinho pra direita e pra esquerda de forma para desviar ou capturar as outras coisas que vêm na tela.
Ah, e os brinquedos! O Dia das Crianças é como um Natal sem culpa. No Natal você passa o ano inteiro se esforçando para ser um bom garoto e, no fim, talvez ganhar um boneco do He-Man. Já no Dia das Crianças, não tem erro: você vira e fala: "PAIÊ, QUERU O BONEKU DO HIMEN, ABS" chega dia e 12 e tcharã! Tá lá o boneco do He-Man embrulhadinho pra você. Você não teve que se comportar bem, você não teve que rezar, você nem teve que ir lá aguentar seu tio bêbado na ceia de Natal! Sem ideologias, sem amor ao próximo e sem burocracia. É um dia só pra você, criança. Aí você pode escolher se você quer um Max Steel irado com asas que anda numa moto e detona o Destructor, ou uma Barbie Fashion dos Animais FairyTale que anda num Fusca Rosa.. E se seus pais ainda estiverem de bom humor, quem sabe você num consegue comprar aquele jogo irado pro seu Xbox 360, filhinho lindo do papai!
Claro, isso tudo só vale se você for das classes mais abonadas da sociedade. Se seus pais não tem condições, o Dia das Crianças ainda é um dia feliz, porque você sabe que mesmo não ganhando aquele carro maneiro do Speed Racer, você ainda pode se divertir na rua com seus amigos e curtir uma liberdade que aqueles pequenos burguezinhos nunca vão poder usufruir.
Mas como nem tudo são flores no Jardim do Édem, chega uma época da sua vida em que a mordomia acaba. Começa com seus pais não te dão mais presentes, depois passa para você trabalhando para logo em seguida ser você comprando presentes para seus filhos, mas de qualquer maneira ainda é um dia feliz! Porque é FERIADO! E NINGUEM FICA TRISTE QUANDO É FERIADO (talvez no feriado de Finados 02/11, mas aí é por outro motivo num é por causa do feriado em si e...).
Feliz Dia das Crianças pra todos aqueles que, como eu, acha que ser criança é muito mais divertido!

Ps. Depois de anos sem ganhar presentes, eu ganhei uma placa de 1 GB de memória RAM e minha namorada ganhou uma caixa de Nhá Benta de Dia das Crianças! YUHUL

12 Comentários:

Débora S. disse...

Nem me lembro qual foi meu último presente de Dia das Crianças! Mesmo assim tinha que me comporta o ano todo se quisesse ganhar :D

Desculpa pela pergunta que vou fazer, mas hoje já é o dia das crianças? hahaha!

CarolMoreno disse...

Nem ligo pra nada disso porque, como é meu aniversário, esse dia é e sempre vai ser feliz e com presentes pra mim! UHUL!

E É FERIADO! NINGUEM FICA TRISTE QUANDO É FERIADO [2]

Gabriel Mota disse...

Você percebe que cresceu quando o único propósito do dia das crianças é não ter aula. E pra nós, publicitários em início de carreira, é ainda pior. Todo trabalho vai ser voltado pra crianças, as agências vão estar abarrotadas de coisas coloridas e o assunto principal serão as crianças, sua chefe vai ordenar a você que mude o layout de todas as 14 peças publicitárias prontas para o dia das crianças. CUS. Aí você vai descansar à noite vendo TV e só passam crianças em comerciais. ¬¬

Já que Toshkka resolveu relembrar sua infância bunita, aqui vai uma foto minha também, em um dia das crianças qualquer:

Gablinho, 3 âns.
http://img202.imageshack.us/img202/1638/gablinho.jpg

Zé Abrão disse...

realmente, dia das crianças era o mais massa. Eu sempre pedia os presentes mais legais nele porque era o Natal mais cedo!

thaís coelho disse...

O dia das crianças é muito feliz mesmo *-* ..
"todas as formas nos lembram um pinto" kkkkk euri

Pedro Carvalho disse...

nao que eu odeie, mas eu nao ganho nada, entao minha felicidade é só no fato de ser feriado mesmo. AEE

Luan Roger disse...

Realmente, as camadas mais 'abonadas' ganham os melhores presentes! Eu com meus 17 anos e o último presente que ganhei foi com 12, de lá pra cá me tratam como velho =/ Saudades do tempo que eu era uma criança feliz (pelo menos disfaçava muito bem)

Ana Carolina disse...

Odeio dia das crianças pq não ganho presentes, não curto feriados pq vivo trancada em casa (ainda), e pra completar agora que meu irmão vai fazer um ano (dia 14) ele vai ganhar 2 presentes nessa época durante todos os anos até mais ou menos os 15 e vai ter cada vez mais brinquedos para tacar em mim quando eu estiver distraida e/ou estudando.
Bom, né?
=/

Muito bom texto, Toscano.
Beijos,
@CarolinaMourao

Vanessa disse...

Quer dia mais feliz?!
Feriado e ainda por cima com 3 nha bentas...

Feliz dia das crianças!

=DDDDDD

fabianne falcao disse...

Eu so me lembro do dia das crianças de 2003. Ganhei o presente que toda garota sonhava: uma Barbie com seu carro, o New Beatle rosa da Barbie "má oeee". Fiquei tão feliz que levava ele todo dia pra escola. Detalhe, no carrinho vinha um monte de budega, malas pra Barbie viajar, roupas, perfumes, etc. Eu fui feliz com aquele presente (e passe muita inveja nas meninas da escola muamuamua) ate meus 12 anos, quando eu parei de brincar com a Barbie e o seu lindo carro. Foi a época que eu parei de ganhar presentes também. 3bj

taci disse...

noh, deu vontade de nhá benta agora...

Beto disse...

Dia das crianças... Eu nunca gostei, pq nunca ganhava presente. O povo esperava dia 15 pra me dar presente de aniversário. kkk

Acho que tenho um trauma infantil por isso! kkk :P

Postar um comentário