domingo, 9 de maio de 2010

Dia das Mães

Acho esse negócio de Dia das Mães um tanto quanto supervalorizado. Não que eu ache que sua mãe não seja a melhor pessoa do mundo por ter te dado esse presente bacana que você chama de VIDA e ter sofrido pra caralho pra que você crescesse aí, saudável e alfabetizado, pra no final acabar aqui lendo um texto falando que sua mãe não é tão importante assim, muito pelo contrário! Acho muito bacana essa relação de dívida eterna existente entre mães e filhos, amor incondicional e servidão extrema de ambas as partes, mas acho que isso tudo devia ser refletido um pouco antes que me queimem por estar falando mal da mãe de alguém aqui.
Tirando pouquíssimos casos, onde mamãe e papai realmente queriam um filho, a maioria de vocês (me incluindo nessa aí) foi um acidente. Os adultos fazem sexo e, às vezes, as coisas dão errado e nasce você. Sua mãe não tava sendo nada altruísta quando te fez, pensando em como seria lindo dar vida a um novo ser. Pessoas que pensam assim, não se procriam adequadamente levando a extinção da espécie (seja por seleção natural ou pela simples diminuição da população).
Mas tá bacana, já que o menino já tá lá, vamo criar né. Aí fica nove meses carreando a criança, engordando, passando mal, tendo desejos. Você acha que ela curte? Mães geralmente amaldiçoam seus filhos cada vez que ocorre algum imprevisto originado pela gravidez. Aí o menino nasce e tem que trocar fralda, limpar vômito, acordar de madrugada pra dar leite, resolver brigas na escola, aguentar desaforo do menino que acha que é o dono do mundo e todas essas lamúrias que as mães jogam na nossa cara toda vez que querem nos chantagear.
Aí chega essa data especial em que você tem que homenagear sua mãe, comprar um presente bacana e ir lá almoçar na casa da vó, onde várias mães vão comparar filhos a partir dos presentes que ganhou. E você, que por humildade e por sua mãe ter acabado de fazer aniversário, vai ter que comparar o dvd Acústico Rita Lee que você deu pra ela com a corrente e o crucifixo de ouro que seu primo rico deu pra mãe dele, sem contar os brincos de ouro que esse mesmo primo rico saiu distribuindo pra cada membro da família que tivesse filhos. As pessoas te olham torto e você quer matar seu primo enquanto sua tia conta da cesta de café da manhã que ele enviou pra você. Quando chegar em casa vai escutar sua mãe falando dos presentes de cada uma das mães do almoço de família e de como seu presente foi de má vontade e obrigação, por isso o de todo mundo foi melhor que o seu.
Mas o fato de sua ser mãe é chata pra caralho e nunca tá satisfeita é porque ela quer o melhor pra você. Ela quer te proteger daquela puta que vai partir seu coração, do frio, das doenças do mundo, dos acidentes de carro, dos homens-bombas e de todas essas coisas que você nem lembra que existe mas ela tá lá se preocupando com você. Aí você cresce e ela começa a reclamar mais, mas isso é só o medo de se afastar de algo em que ela dedicou tanto tempo da vida pra tornar melhor: você. Por isso, esqueça aquilo lá que eu tinha escrito, para de ler esse site aqui e vai passar mais tempo com ela que hoje é o Dia das Mães, caralho!

7 Comentários:

Tamara disse...

Esse ano eu senti que a mamãe quer algo especial. Não to falando de presente, mas da família tá mais reunida.
Tô tão satisfeita de ter desistido de sair pra comprar o presente dela com o dinheiro que juntei *-*

Vou lá.. dormir, pra tá bem pra ela!
FELIZ DIA DAS MÃES .. pras mães de vocês ;)

Gabriel Mota disse...

Mâin, xiamo! =D

Andréa disse...

Ah, eu sou mãe e posso dizer: dia das mães é uma merda!
É uma criação mercadológica de uns filhos da puta que não tinham mais nada que inventar pra deixar as pessoas que não têm dinheiro mais deprimidas do que já estão...
E tem outra: de que adianta comprar presente caro de os outros 364 dias do ano vc só enche o saco da sua mãe, é desobediente e estúpido? Prefiro ter uma filha amorosa o ano todo a receber presente num tom de "cala a boca que eu sou uma boa filha já que te dei presente..."
Presentinhos pra mim ficam com uma cara de suborno.
E agora vou te contar uma coisa. Quando sua mãe diz que não quer presente, ela REALMENTE não quer! O que mais dá gosto de exibir não são presentes, mas a pessoa que é o filho ou filha que temos.
Eu mesma sou a "baba" em pessoa quando se trata de filhas. Falo mesmo pra todo mundo saber que a minha filha mais velha se parece com uma boneca de porcelana, que ela passou em 1ºlugar no vestibular da UFG, que fala alemão e toca bateria...e que a caçula é linda de MORRER, é gostosona e fala francês como ninguém da sua idade fala!
E sabe o que mais? Quer dar um presente legal? Organize o armário da sua mãe, faça uma massagem nas costas dela ou faça qualquer outra coisa que ela detesta fazer e tá enrolando há um tempão. Não tem presente melhor que isso.

Mahara disse...

Excelente texto Toscano!!
Já to indo lá passar mais tempo com ela =D

Obs: Falooo tudo Andréa!! concordo plenamente com seu
ponto de vista =p

beijo galera ^^

Júlia Reis disse...

disse ontem no twitter, muito muito muito bom o texto :D
o Toscano é divo -q, e não tenho primos ricos, o qe me deixa mais aliviada. E se tenho, moram longe demais pra ficar se achando pra cima de mim, rs.
Feliz dia das mães pras mães e pros pais (:
by: @londonskies_

Francis Leech disse...

"às vezes, as coisas dão errado e você nasce" ahiusehiuasehuieas - excelente!

Pedro Carvalho disse...

Esse seu primo saca que voce não curte ele?

Postar um comentário