segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Atividade Paranormal (Paranormal Activity) [2/2]

Como já avisado, estaria eu, aqui, no mesmo bat-horário e bat-local pra dividir com vocês minha experiência (agora mais concreta) sobre o tão comentado filme "Atividade Paranormal" ("Paranormal Activity", 2009). Então, galhera, assistiram o filme como o Tio Pedro incentivou? Se sim, você tá autorizado pra continuar abaixando tua barra de rolagem estando assim suscetível pra saber alguns dos meus comentários sobre o longa. Se não, páre mesmo por aqui antes que me culpe depois por ter destruido sua ilusão, sua expectativa, seu medinho e afins. Prontcho, pessoal?
POSTAGEM COM SPOILERS. ESTEJA CIENTE.
A começar sobre os trailers divulgados. Um deles mostra a experiência marketeira de levar um grupo de pessoas ao cinema pra uma pré-exposição até mesmo pra prever uma possível frustração ou uma comemoração antecipada de sucesso de bilheteria. Pelo teaser vemos pessoas gritando frenéticas, se escondendo, mordendo a cabeça da pessoa do lado. Saibam: o filme é bom, mas não provoca tanto frevo assim. No máximo uma ou duas vezes você solta um grito, sendo que uma delas nem foi susto pelo filme e sim da puta velha do seu lado que berrou no seu ouvido.

Mas sim, é um filme tenso. Muito tenso. Tuas unhas acabam, voce começa a comer teu dedo e quando vê já tá cotoco. Isso porque, como já dito, o casal tenta flagrar algum tipo de... entidade em seu apartamento, comprando assim uma câmera e a botando em riste direcionada a cama e a porta do quarto. Agora me explica uma coisa: POR QUE DIABOS A PORRA DA PORTA TINHA QUE FICAR ABERTA O TEMPO TODO? Porque não, a casa tá toda fodida, cheia da galera do mau, a mulher tá se cagando de medo chorando a vida toda e a porta continuava aberta. POR QUE? PORRR QUEEEEE?

É unanime o fato de, apesar disso tudo, todo mundo esperar pelas tais horas de "sono" dos dois. Quando a cena vinha e o relógio começava a correr mais rápido, geral já trancava, porque po, se a cena tava ali, ela não tava de bobeira, ia acontecer alguma coisa! O relógio parava, a sala trancava o c. O mais inacreditável é que sempre que rolava um barulho dumal supostamente lá em baixo, a galera ia atrás. PORRA, POR QUE TODO FILME A GALERA VAI ATRÁS DAS COISAS CARALHO? VAI PRO LADO CONTRÁRIO, CORRE COMO SE NAO HOUVESSE O AMANHÃ OU PELO MENOS FICA NA PORRA DO QUARTO COM A PORRA DA PORTA TRANCADA! As vezes eu acho que só eu tenho bom-senso no mundo, cara, sinceramente. Povo sem noção.

Agora vem cá, se você namorasse uma mulher (ou um cara) e descobrisse que a estranha é perseguida pela galera dumal (e presenciasse isso) você ainda ficaria com ela? Fala sério, né! O cara além de saber disso tudo, ainda flagrou a louca num balanço altas horas da madrugada do lado de fora da casa olhando pro além e ainda... foi pegar cobertor? POOORRA, SAI DE PERTO CARA, É CILADA! E pra provar que realmente é, temos as gravações. A freak acorda no meio da noite pra me requebrar a noite inteira na cabeceira da cama do lado do namorado (onde requebrar entende-se o ato acelerado gravado dela se movimentar pra frente e pra trás). Aquilo foi muito sinistro cara, imagina você acordar e ver alguém daquele jeito na sua frente? Ô louco!

Tirando a parte que a bicha é arrastada pelo espírito tarado, que de fato foi MUITO (!) sinistra, temos o final. Pra nós, o final alternativo, que, na minha opinião, é o melhor. Mais uma vez, a puta da mulher sinistra desce e do nada berra. É lógico que o machão vai atrás e por uns 5 segundos a sala fica toda com os olhos fixos naquela maldita porta (ainda aberta!) esperando o que viria lá de fora. Num é que o cara é arremessado pra galera do cinema? Não foi uma ou duas ou cinco pessoas (otárias) que eu vi se esquivarem do coitado (incluindo a mim). Foi realmente muito inesperado e ainda se somatiza com a vaca da mulher estranha subindo e se transformando no jason com sorrisinho macabro depois.

Sempre soube que era cilada... não quis me ouvir...

11 Comentários:

Gabriel Mota disse...

Me deu vontade de assistir, cara.








Mas já passou também.

Gabriel Mota disse...

O Pedro acabou de me bater virtualmente porque falei isso aí em cima a ele agora por MSN.

Ele disse que eu tenho a péssima mania de sempre ir contra o fluxo, que isso dá nos nervos dele e que eu não posso falar sobre algo que eu não vi...

O que eu posso fazer, gente?
É O MEU JEITINHO
[/Xuxa no Twitter]

Naisa Nayane disse...

Como eu já disse no [1/2] não gostei muito do filme, esperava mais para ser o mais assustador;
'As vezes eu acho que só eu tenho bom-senso no mundo, cara, sinceramente. Povo sem noção.' Eu também :D na verdade, seria bom-senso ou medo mesmo ? auhauh

Num é que o cara é arremessado pra galera do cinema? Não foi uma ou duas ou cinco pessoas (otárias) que eu vi se esquivarem do coitado (incluindo a mim). [2]

Já tem pirata Gabriel ;)

Biah disse...

Huhauhahauh quanto ao bom-senso... i'm in it, man!!! Fiquei o filme inteiro pensando "ô galera burra do capetaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa"... Decepcionante o raciocínio das pessoas de róliudi... *sissintindo

Adorei sua resenha fii!! =D
Tô emocionada pq depois de meses lendo o blog só hoje que tive coragem de comentar... *dãrt* Manifestarei-me mais no porvir \o// *óh

Por favor por favor não se esqueçam de comentar, assim que entrar em cartaz, Premonição 4 (em 3D!)... Esse vai ser uó do trash xDD

Beijo pcês!!

Jordana disse...

Sumiu o testo do ano novo?
Que aconteceu??

Amo vocês xD

Nem quiz ver o filme não, mas ficou legal o texto.

;**

Lila disse...

Assisti e nem gostei muito... :/
A perspectiva é interessante (tudo pela câmera do cara)
mas o resto... não achei tão tenso
tudo parecia que ía contra a corrente,
sem lógica. Mas o que me fez ter certeza que o filme não era tuuuuuudo isso foram aquelas pegadas zuadas que pareciam de um dinossauro
WTF ¬¬
Com certeza não foi o pior filme que eu assisti, porém um dos melhores é que não é !

Ah! Outro detalhe que eu reparei e até achei 'engraçadinho' sempre que 'ele' o demônio ou/whatever/ fazia aquelas coisas estranhas com ela "ele" tirava o lençol com o maior cuidado, até na hora de arrastá-la; tipo era pra deixar mais tenso ?! acho que o relógio já fazia o trabalho bem feito ;)

do valle disse...

nem minha namorada teve medo daquela merda...

Anônimo disse...

comprando assim uma câmera e a botando em riste direcionada a cama e a porta do quarto. Agora me explica uma coisa: POR QUE DIABOS A PORRA DA PORTA TINHA QUE FICAR ABERTA O TEMPO TODO? Porque não, a casa tá toda fodida, cheia da galera do mau, a mulher tá se cagando de medo chorando a vida toda e a porta continuava aberta. POR QUE? PORRR QUEEEEE? KKKKKKK
nossa, me rachei de rir agora. só por causa da maldita porta, fiquei com vontade de assistir

Emily disse...

Caramba..ainda bem que eu achei uma pessoa que pensa como eu. PORQUE RAIOS A MERDA DA PORTA ABERTA?? SÓ PRA PODER VER A SOMBRA DA "COISA RUIM" NELA??
-Historinha: Quando eu fui assistir tinha um grupo de pessoas do lado (5 muleques, a mae e o pai de um deles) fazendo a maior bagunça. Quando a mulher foi puxada pelo pé um dos muleques gritou em 150 decibéis: CACETE PUXARAM O PÉ DA MINA!=O e na poutrona da minha frente eis que ouço MUITO alto: PUTA QUE PARIUUUUUU!!! (c/ a ultima palagra extendida!) HAHAHAHAHAHAHAHAH' só sei que eu e minha amiga rimos muito esse dia...voltei com dor de barriga e nem um pouco assustada com o filme!

Gabríela. disse...

Eles tinham que ficar com a porta aberta porque os fenômenos paranormais podiam também acontecer no corredor e banheiro, com a porta fechada ia ser meio difícil filmar KKKKKK

Suzy disse...

Filme de terror é sempre assim, sempre a personagem sai gritando em direção de onde vem o barulho assustador,ou a porta batendo, ou o fantasma gritando seu nome. Não adianta cara, isso não vai mudar

Postar um comentário