sexta-feira, 26 de junho de 2009

McDonalds - O Sabor da Minha Infância e Como Eu Abri Mão Disso.

Apesar de não ir ao McDonalds há muito tempo, tenho que confessar que ele me traz uma nostalgia muito forte. De um tempo onde as palavras "capitalismo" e "imperialismo" não tinham significado nenhum pra mim. Ah, meu jovens, vocês não viveram esse tempo. Lembro de ir ao Flamboyant (aquele shopping desse post aqui ó) com meus pais e com dois reais comíamos três casquinhas, uma pra mim, uma pro meu irmão e outra pro meu pai. Meu pai se dava melhor nessa história toda porque eu e meu irmão comíamos só o sorvete no meio da casquinha e dávamos a casquinha em si para ele comer. Lembro que comia tanto no McDonalds que tinha coleções inteiras das surpresas que vinha no McLanche Feliz. Eu tinha toda a série do McNuggets (dessista, jovem, não é da sua época) e todos os personagens do McDonalds (Birdy, Shake, Papaburger), menos o Ronald, porque ele me metia medo por dois motivos: 1 - Por ele ser um palhaço, e todos os palhaços me dão medo e 2 - Uma vez ele foi no meu colégio fazer uma apresentação e cara, quem acha que tem medo de palhaço nunca viu o Ronald McDonald de perto. De verdade. Ah, e como pude esquecer daquelas inesquecíveis festas de aniversário no McDonalds. Passávamos o ano inteiro tentando convencer nossos amigos a fazer seus aniversários no McDonalds, em vão, até que um dia, quando menos esperávamos, aparecia em nossas mãos um daqueles convites personalizados nos informando que sim, era real, realmente poderíamos comer no McDonalds à vontade e sem pagarmos nada. Doce ilusão a nossa, afinal alguém tinha que pagar por aquilo tudo. E o inevitável aconteceu, consegui convencer meus pais a fazerem uma festa de aniversário no McDonalds. Infelizmente, foi uma festa dividida entre eu e meu irmão (não por economia dos meus pais, mas por economia divina, nós nascemos no mesmo dia). Foi sensacional. Amigos, cheeseburgers, refrigerantes, teatro de fantoches, brincadeiras com os monitores, amigos da minha mãe, filhos de amigos da minha mãe (desconhecidos), foi tudo uma grande festa! Não pro meu pai, que pagou aquilo tudo. Até hoje ele reclama de um menino (amigo de meu irmão) que comeu 3 (eu disse TRÊS) Big Macs. E olha que a festa já tem uns 13 anos, e até hoje ele reclama daquele garoto glutão.
Interessante ver como o que eu comia foi mudando de acordo com o que eu fui crescendo. Quando eu era bem pequeno, eu comia um McLanche Feliz e me sentia o
Rei do Mundo, quando eu digievoluí para uma criança gorda surgiu duas coisas que não contribuíram em nada para que eu emagrecesse: O McDuplo e, pouco depois, uma promoção onde você comprava dois Cheeseburgers pelo preço de um McDuplo. Só que a medida que eu crescia, aqueles dois sanduíches não me satisfaziam mais. Nem um BigMac me satisfazia mais, foi quando eu parei de frequentar o McDonalds, não adiantava mais pagar tão caro e sair com fome. Acabei descobrindo outras alternativas como o X-Tudo (Sanduíche que pode ser encontrado a cada duas esquinas de Goiânia), os rodízios de pizza, os restaurantes que pagam por pessoa, etc.
Até que outra mudança drástica ocorreu em minha vida: a chegada do Burger King em Goiânia. Eu, longe dessa vida de Empresas de Fast Food Capitalistas, e de repente me aparece essa lanchonete com o melhor sanduíche do mundo, grande o suficiente para me encher e... com FREE REFIL! Cara, desde minha primeira experiência com refrigerante à vontade (Eddie's Burger, Belo Horizonte, MG, 2001) venho sonhando com esse restaurante, e lá estava ele, bem na minha frente. O hamburger era melhor, os molhos eram melhores, o pão era melhor e (PASMEM) até a batata era melhor, e tudo isso com refrigerante à vontade. O McDonalds não tinha mais lugar na minha vida. Mesmo sem aquele bom e velho sabor de infância, o Burger King oferecia refrigerante à vontade, então QUE SE EXPLODA A NOSTALGIA, EU QUERO REFRIGERANTE.
Apesar da tentativa do McDonalds de me reaver como cliente (com o lançamento dos sanduíches Big Tasty e McNífico), o esforço foi muito fraco comparado com o do concorrente deles.
E assim, eu abri mão de anos de diversão e comilança por causa de uma simples idéia de refrigerante à vontade. Não sei se a idéia do Burger King é realmente irrecusável ou se eu que me vendo muito facilmente.

17 Comentários:

Gabriel Mota disse...

Cara, o último McLanche Feliz que eu comprei veio com um brinde do filme Vida de Inseto, eram uns cards bidimensionais, conforme era o ângulo de visão, era uma imagem do filme. Aquilo era tão ridículo que me fez ver que eu tava crescendo e não precisava mais daquelas besteiras capitalistas para ser feliz!!

Zé Abrão disse...

cara, sensacional! Eu só fui num aniversário no McDonalds uma vez =/. E realmente, hoje quando é pra comer em algum fast-food é sempre B.K. ou Bob's, mas de vez enquando rola um McDonalds pq eu adoro o Big Mac e nem o Big Bob e o Big King conseguiram ficar igual a ele pra mim...mas a concorrência tem Stacker, Whoppers e Bob's Picanha, o que explica a raridade da vontade de um Big Mac

Carol Moreno disse...

A melhor parte é sua animação em falar do Burger King! HUHUASHUSAHUASHU

Anônimo disse...

M U I T O boom ! :D'

Duds disse...

Eu nunca comi no McDonalds. Nunca. Juro.

pedrovitor disse...

isso prova que o marketing muda opinião do consumidor MESMO né? haha
"Só que a medida que eu crescia, aqueles dois sanduíches não me satisfaziam mais. Nem um BigMac me satisfazia mais"

"nem um carro me satisfazia mais... eu comia e... nada."
HAHAHAHHAHAHAH

nunca fui de mcdonalds. Mentira, na época dos brindes sim, mas depois que eu passei mal uma vez eu nunca mais apareci perto (mesma coisa com o giraffas). Burger King é menos pior que o mcdonalds, sanduiche maior e a batata é boa mesmo. Ah, o refrigerante a vontade realmente faz a diferença, mesmo que eu não consiga tomar nem um coiso daquele inteiro, o tal de voce PODER pegar mais se quiser é algo irrecusável.

Vanessa disse...

Ahh eu ja fui em muitas festas do mcDonalds!! Não que eu deva me orgulhar disso, mas definitivamente faz parte da minha infância.
Eu tambem me vendo muito facilmente... Vamos no Burger king hoje?!

Ana Carolina disse...

hahahahaha...
Isso me parece familiar.
o Ronald McDonald já tirou meu apetite várias vezes.
hahahahaha

Mas como sempre rola uma nostalgia, eu sempre acabo indo (pena).
Ainda assim, troco por um bom prato em um restaurante civilizado.
hahaha


Muito bom o post!

Leandro P. disse...

É, McDonalds marcou a infância da maioria das pessoas aqui, e hoje ta tão desmerecida. Mas também, cada dia mais caro e com o lanche cada vez mais pocket. Risos. Bom, eu larguei essas Junkie Food de McDonalds, Bobs e Burger King há uns tempos, me enjoei já. Spolleto é o que rola. :P
Ahm, e se é pra pegar alguma coisa que ainda me atrai em McDonalds/Bobs é o famigerado Milkshake, coisa que infelizmente o Burger King não tem e perde muitos pontos por isso.
rerere

Leandro P. disse...

Ah, e depois que eu conheci o tal do Komiketo aqui de Goiânia [Av. T-1 é o principal, mas também há um outro mais recente na T-4, continuação da T-1 lá no St. Bueno] não quero mais saber de outro pitdog. hahaha

Débora S. disse...

Quando era criança eu ia sempre ia no McDonalds só pelos brindes ! Mas cresci e deixei de ir. Esses dias eu fui e tipo meu hamburgue saiu em menos de três minutos, acho que eles deixam tudo pronto (isso é nojento) aparti daí NUNCA fui!

Do nascimento, Silva. disse...

caraca, refrigerante free.

e a batata melhor? putz, adeus Mc!

haha

checkmypocket disse...

nunca me chamaram pra festinha na mc :(

enfim, eu nunca comi outro sanduíche por aí que se igualasse ao bigmac, é mágico. deve ser o picles, ou o molho, mas então, é inigualável.

mesmo gostando tanto, é raro comer por lá. vocês aí acham que mc é cara, esperem vir na mc de MANAUS, procês verem.

Lissa disse...

o Free Refil do Burger King realmente cresce os olhos... uma pena que eu nunca usurfruir desse direito...na verdade eu nunca consigo tomar um copo inteiro de refrigerante, acho que ninguém consegue...é por isso que é Free Refil...eles colocam sanduíches enormes e uma batata frita boa, além do copo de 500ml, pra que vc coma e saia satisfeito sem repetir nada! shushu' meus olhos crescem atoa...

Anônimo disse...

amoooooooo muito o mcdonalds

Karen Soarele disse...

Hahaha... Hilário!

Marcela Magalhaes disse...

eu já fui no mc lanche feliz, peguei brinquedo de cada um na sua casa! :-)

Postar um comentário