sexta-feira, 16 de julho de 2010

"Medo"cina.

Já que nem todo mundo está curtindo as férias numa praia como o Tio Toscano, vamos trabalhar, né?
Nem estou em Goiânia e como sempre acontece, quando venho passar as férias em Mineiros, fico completamente sem assunto. Queria poder falar do friozinho incrível e lindo que está fazendo aqui nesse momento, algo em torno de 14 graus, mas seria repetitivo da minha parte. Então, pensei comigo algo que seria interessante compartilhar com vocês e cheguei a um tema interessante:
MEU MEDO DE MÉDICOS!!!
Ok, eu sempre exagero, mas médicos me incomodam. Na verdade, consultas médicas me incomodam, me deixam completamente assustado por dentro, agoniado, temeroso, ai. Não sei o que pode ser, mas acredito que aquele ambiente de sala toda branca fechada, mesa com computador fodão, um vaso de planta, papeis e uma miniatura do aparelho digestivo em acrílico me dá frio na espinha. Porra, seria tão mais divertido e tranquilizante se eu entrasse no consultório e ao invés de perguntar "Qual é o problema hoje, Gabriel?" o médico peruntasse se eu iria querer vodca, cerveja ou tequila pra começar a conversa...
Aí que tá, acho que os médicos se aproveitam da nossa medíocridade só porque eles ficaram uma década dentro de uma faculdade e hoje têm carro, casa bacana de vidro, mulher gostosa em casa, secretária gostosa no horário do almoço e um salário de caralhadas de reais. Daí que eles ficam nos olhando com esse ar de OI, ÇOL SUÇESSO NA PROFIÇÃO, nos deixando nervosos com um simples olhar.
Ah, o olhar de um médico... Aquele olhar que sempre nos deixa com dúvidas sobre a nossa saúde. Junte aqui aquela fala monossilábica no início e incrívelmente teórica no final, completando com uma incômoda mudança brusca de assunto:

[Médico, olhando seus exames] "É... [pausa] Parece que tá tudo bem com você... [pausa] Mas... [pausa] Pelo que eu lembro da última vez que você veio aqui, tivemos um pequeno aumento da pressão dentro do seu olho. Vou ter que começar a acompanhar isso de perto porque mesmo que sua miopia não tenha aumentado e seu astigmatismo esteja estacionado nesse valor, sua mãe já teve que operar por conta de uma catarata e é bom sempre ficarmos de olho no histórico familiar. Mas fique tranquilo, isso é só por precaução, não tem motivo pra se preocupar. E esses 7 colírios que estou receitando são só pra começar a remediação desse pequeno avanço da pressão. E o seu irmão? Se casou, né?"

Na verdade o tal do oftalmologista é meu médico mais tranquilo, e o único que frequentemente eu visito, graças a Deus. Assim não preciso ficar me sentando em corredores deprimentes vendo gente sendo transportada em macas e ouvindo gritos de dor enquanto espero a hora da minha consulta.
E falando a verdade, minha saúde é relativamente boa, fui anestesiado apenas 2 vezes em 21 anos. Olha que coisa linda!!
Só que pior que qualquer tipo de médico (porque geralmente a gente vai ao hospital quando alguma coisa está errada, logo, sabemos que a probabilidade de termos algum probleminha é mais alta) é o tal do dentista. EU TENHO PAVOR DE DENTISTA.
É o único médico que me deixa nervoso e amedrontado de verdade. Quarta passada foi o dia da minha consulta periódica de dentes. Ok, eu a faço semestralmente mas pelo fato de eu ter passado um ano em Goiânia e o único dentista em quem eu confio ser meu primo aqui em Mineiros, um ano depois fui novamente ao seu consultório ver se estava tudo OK com meu sorriso(sponto) (risos.). E, porra. Sentar naquela cadeira já é tenso, quando ele a deita então, Jisuis. Depois, vem com aquela gigante lâmpada na sua cara, o braço móvel com todos os aparatos necessários para os trabalhos enquanto a sua assistente carinhosamente entrelaça o lenço de papel no seu pescoço. Tudo isso logo depois de ele fazer questão que você ouça o processo de estalar as luvas cirúrgicas enquanto ele as veste.
Daí enche sua boca de tufos roliços de algodão e começa, antes de tudo, a te deixar mais nervoso fazendo perguntas, querendo respostas, mesmo você não conseguindo falar porque tem muita boca no seu algodão.
Como se não bastasse tudo isso ainda temos aquele barulho AMEDRONTADOR das brocas e suas primas.
Sorte, SORTE, que como meu próprio dentista diz toda vez que vou lá, se todos os pacientes dele fossem como eu, ele entraria em falência! Sim, depois de um ano sem entrar em um consultório dentário, minha consulta demorou SEIS minutos. Seis!!!!! Tempo de ele gastar uma luva só pra ver que cárie nenhuma estava na minha boca, que meus cisos nasceram todos bonitinhos e comportados e tempo de consertar mais um pouco uma pequena falha de um dente que eu fiz questão de lascar há cerca de dez anos. Acho que ele vai arrumando isso aos pouco, a cada consulta minha porque senão ele sempre gastaria uma luva à toa. =D
E mesmo eu tendo uma arcada dentária exemplar, sempre acabo por ter medo na hora de entrar no consultório. Sei lá, vai que os problemas resolvem aparecer do nada, tudo de uma vez??

E ATENÇÃO!!
O próximo post do Gabriel não será do Gabriel, mas do Guru do Risos.
E você ainda pode mandar a sua pergunta para risosponto@gmail.com!
Lembrando que você pode abrir seu coração, perguntar o que significa aquele sonho, como trazer o peguete amado em 5 cliques, enfim. Basta mandar a dúvida, nome, idade e cidade pro nosso e-mail.
Participe!

8 Comentários:

mariana ♪ disse...

"muita boca no seu algodão." HUIHFDHFHDFDUIHFSHAUHSUI Minha boca fica cheia de algodão, mas meu algodão fica cheio é de baba ._. Enfim, adorei o texto, tmb fico tensa com medicos D:

mariana ♪ disse...

Baba não. ~SALIVA~ é mais bonito '-'

Thaís Coelho disse...

O dentista é o pior de todos, aquele barulhinho daqueles aparelhos me dão uma sensação muito tensa.
"..fazendo perguntas, querendo respostas, mesmo você não conseguindo falar porque tem muita boca no seu algodão." Isso é o mais engraçado, você ta lá com a boca aberta, babando, com praticamente uma mão dentro e eles insistem em fazer perguntas.
Pior ainda quando você usa aparelho, muito pior, você lembra do seu dentista todas as vezes que tenta comer algo e seu dente ta com uma dor desgraçada. ><

Naisa Nayane disse...

Pior é quando o dentista resolve ser um palhaço, sua boca cheia de algodão, com aqueles aparelhos gigantes, ele faz alguma graça e você não consegue segurar o riso.. ai é mais meia hora só para colocar tudo de novo no lugar.
E tem séculos que eu não vou ao médico, e só fiquei internada uma vez (por dor de garganta --') pelo menos perdi aula no dia.

Anônimo disse...

dentista e oftalmologista são fixinha perto de medicos, digamoooos...mais invasivos, se e q vc me entende! kkkkkk

Tamara disse...

Eu adoro dentista *-*
Quando eu era mais nova torcia pra ter carie ou arrancar algum dente de leite xD
HUASHuhsHSHuhsuHSHuhsuHS

Eu ainda não entendo porque os dentistas tentam conversar com a gente, sendo que ele tá cutucando elaa :S
Eu detesto medir a p
Se for pra descontrair e relaxar.. não funciona muito bem!

Eu tenho "medo" de medir pressão, quando falam meu coração dispara, eu prendo a respiração..
Ai eu fico com medo de acharem que eu to com algum problema porque fiquei nervosa xD
HUSHuhsuuHSUhushUHSUhsuHUHuhsu

M. disse...

Ah, eu não tenho medo de médico não... MTO pelo contrariooo
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
ce sabe ne bagriel?

Társis Farias disse...

Eu morro de medo, tenho pavor de médicos no geral.
Ao ver um, ou ir em um hospital (forçada) começo a passar mal ;x kkkkk é tenso.. eu ri muito, adoro os seus post's Gabriel.

Postar um comentário