domingo, 20 de dezembro de 2009

Namorinho de Portão NÃO!

Cuidado! Este post é sugestão de um leitor

Olha, vou confessar uma coisa pra vocês. Acho que já disse umas mil vezes aqui o quanto eu sou chato com certas atitudes mas nenhuma me tira mais do sério do que casal apaixonado demais.
Antes de mais nada quero ressalvar aqui que não sou contra o amor, para que não chova gente dizendo que eu não tenho coração, que eu não sei amar e essas coisas de "Ai, credo, Gabriel... Né assim não. Mal amado, rãm!" mas é que não suporto demonstrações infantis e públicas de afeto. Trocando em miúdos, odeeeeeeeeeeeeeio aqueles casais que acham que namoro é sessão de hipnose e que voltar a ser criança é prova de carinho. Gente, tenho nem palavras.
Não sei o que é pior: você se constranger por ver dois adolescentes se devorando no horário do almoço (hahaha) em público bem no meio do Bosque dos Buritis ou ter que presenciar casais com vozes de dubladores do filme da Ariel dizendo "Eu chiamo, eu chigosto munto, munto, munto".
E o pior é que quanto mais você odeia uma coisa, mais ela se encontra com você. Aqui em casa vivo isso todas as noites. Meu irmão arrumou namorada e já vai se casar um ano depois. Ok, nada contra (apesar de não achar mais graça em casamentos de verdade, com igreja, festas caras onde sempre sairão falando mal da organização, né?) mas ter passado 365 dias ouvindo ligações infinitas entre duas crianças não me faz bem.
Lógico que você chega do trabalho e quer contar como foi o seu dia pra sua namorada mas fazer isso com voz mirim nem rola, povo. "Óulha, hoxxi eu trabalhei muntão... É... Tô canxadiiiim. Vou papá roiz e fexão, tomar baiiinho e ir mimir pra pudê sonhá com voxxxccê! XIAMO XIAMO XIAMO XIAMO MUNTÃÃÃÃO MÔ DÁ MINHA VIDAA".
Daí que eu fui discutir isso com o meu irmão (sete anos mais velho que eu) e ele ainda me reprimiu! Disse que todo mundo faz isso, que é normal... Oi? Normal? Ele disse que quando eu arrumar um grande amor, vou entender o que ele faz. Oks, vou morrer solteiro, falou?
Acho que até o famoso "ai, desliga você primeiro" é mais digno e aceitável do que esse namorico entre a Mulekada em um menáge a trois infantil, sem malícia e bobiça, não é mesmo minha gente??

[COMENTÁRIO AVULSO] Já que lembrei vocês desse fenômeno que foi a bandinha cover do É o Tchan, Mulekada... Pô, alguém fala pro Raul Gil parar de "descobrir" sucessos infantis? Grato. [/COMENTÁRIO AVULSO]

Então, é isso. Nem vou me estender muito no assunto porque hoje é domingo e já estou ranzinza o suficiente pra me irritar com mais coisas. Não posso me dar a esse luxo.

P.S.1: Esse assunto foi sugestão das leitoras Thayná Leite (fâ que aaama o Toscano, não casa com o Pedro porque ele tem muita gente correndo atrás e porque eu sou... fofo! Valeu aí! Ahahah!) Amanda Sena e Taynah Brindeiro. Você também pode sugerir temas através do nosso e-mail: risosponto@gmail.com
P.S.2: Na pesquisa de referências desse texto eu me deparei com duas pérolas da música nacional e já que vocês me fizeram cantarolar essas músicas por toda essa tarde, vou passar toda a mer*a adiante. Clique aqui e aqui e "vem brincar cum á geeente".
P.S.3: E por mais que eu critique o amor... Não tou procurando namoradas que me aceitem assim, seco do jeito que sou. Bjs.

=D

22 Comentários:

Anônimo disse...

aooooooooooooorei, gabriel! obrigada meesmo ;)
e você não é só fofo, você é... bom, MT fofo :DD
beeijos,Thayná Leite. / GUII (L)', com todo respeito, namorada do Gui :)

Gabriel Mota disse...

Ihh... A Vanessa vai adorar esse comentário anônimo ein, Toscano?
Ahaha!

Carol disse...

TAMBÉM AMO O GUI!!!!!

Anônimo disse...

Gui lindo (L)

taynah disse...

LINDOSSSSS kk :B
bjos, taynah brindeiro

Anônimo disse...

tava no onibus esses dias atrás quando eu vi um casal melento assim tambem, logo depois que eles se descolaram a mulher dá um sorriso, e vejo que ela é banguela.. um pouco depois o cara olha pra ela e fala "osh, você fico bem com essa brusa"

depois dessa eu realmente acredito que o amor seja cego... e surdo.

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKKKK, ps: aql anônimo ali, não foi eu não, tá vanessa ? (o que diz que o gui é lindo). só acho ele engraçado :D' bjs, thayná leite

Anônimo disse...

aah, a thayná só tem uma quedinha por gui, nada de PAAAAAAAIXÃO, e ela tem plena consciencia que ele é dá vanessa :D

ps : isso eh pq voce nao conheceu meu ex gabo ! agr pergunta p ele pq a gente terminou :p e voce nao eh frioo , adooro suas teorias ! =D

Amanda :)

CarolMoreno disse...

Que bom! Não sou só eu!
Eu odeio essas coisas melosas, odeio mesmo, é chato. Minhas amigas (e todo mundo) fala que eu tenho espírito de homem só porque eu não gosto de todas essas baboseiras, mas sei que a anormal não sou eu.

Guilherme Toscano disse...

Essa parada de falar com voz de criança e de modo retardado eu reprimo em qualquer circunstância. Bebês não deve ser tratados assim e namorados muito menos. Sou totalmente contra a retardadização da população humana.

M. disse...

Pois é, se é pra ter retardação prefiro morrer solteira. Tenho panico de gente que fala assim.
Acho q ver crianças de 15 anos se atracando (/separaqueébriga) é menos constrangedor, afinal tão evoluindo na relação e não regredindo mentalmente ne?

taynah disse...

Sou totalmente contra a retardadização da população humana. 2 :D

C. Lisdália disse...

Aiaiai, vcs são engraçados... hahaha

Andressa Símaro disse...

''(...)todo mundo faz isso, que é normal... (...)Ele disse que quando eu arrumar um grande amor, vou entender o que ele faz''
concordo plenamente..
não diga que você nunca vai fazer isso, porque o mais apropriado é dar opinião quando temos experiencia,quando sabemos realmente sobre o que estamos falando.. e já que vc nunca encontrou um grande amor ( segundo o seu irmão ) vc não pode dizer que não fará a mesma coisa que ele... quando encontrar alguém que vc ame mesmo post aqui no blog como é sua relação com ela (ou ele)
gosto muito dos seus textos, mas achei esse muuuito superficial, muito pobre.. sem argumentos bons..
ps: acho feio casal que fica se agarrando em lugares públicos. Não sei se vc escreve seus textos com o intuito de agradar a maioria dos leitores, mas se realmente esse for o seu objetivo procure colocar argumentos mais concretos, que façam até quem discorda de você pensar no assunto.. a sua revolta não é a solução, nem faz os seus textos ficarem melhores,
se preferir pode apagar esse comentário, é que eu acho que vc tem muito mais potencial =)

Pedro Carvalho disse...

PS³ apelativo, hein glabo, tá querendo arrumar uma patroa rammmmmmm =D HAHAHA
velho, te falar que também não suporto quem fica com esse tipo de... coisa. Tudo tem limite. Romantismo, cuidados, tudo. Isso soa perfeitamente como tesão a garotos menores de idade, me brocharia completamente. Voce deve sofrer em casa, mas rir bastante também. Um dia divida essas histórias comigo, por favor. =D

Yasmim disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, adorei esse. tenho namorado mais também tenho mtmtmt agunia de namoros assim. minha amiga SO FICAVA com um menino e mandava sms pra ele toda hora--' aquilo me irritava profundamente. Meu namorado sabe que eu odeio quando ele fala igual bebe e faz isso só pra me irritar.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, minhas amigas falam que sou sem sensibilidade, mais não acho que seja isso :x
gostei mt ,kkkkkk ♥

Naisa Nayane disse...

"Ele disse que quando eu arrumar um grande amor, vou entender o que ele faz. Oks, vou morrer solteiro, falou?" UHAUHAHHAHAHUA
se for assim, eu também morro solteira !

Acho isso tão idiota, e casal doce demais enjoa.

Zé Abrão disse...

ah, nem vou falar nada, porque acho que eu posso não ser assim, mas posso cometer deslizes, então....
recomendo uma postagem sobre Avatar, o filme mais hypado dessas férias, mas que não achei tão assim não....

taci disse...

é, quero morrer solteira se tiver que virar umm nenem antes de me casar.

Ana disse...

Caramba, euri muito!

thaís coelho disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, aquelas conversas melosas NINGUEM aguenta!

Anônimo disse...

eu namoro no portão & não vejo problema algum ¬¬
Ei de convir,porém,que não concordo com a childish talk... Ah!Covenhamos,ninguém aqui quer morrer solteiro porra nenhuma!

Postar um comentário